Director: João Carlos Vieira
Terça, 27 Setembro 2022 - Periocidade diária
A regularidade da atualização dos conteúdos encontra-se condicionada durante o período de férias até 18 de setembro
2022-04-25 17:45
Teresa Bonvalot e Afonso Antunes vencem segunda etapa do nacional de surf

Afonso Antunes e Teresa Bonvalot conquistaram, esta segunda-feira, o triunfo no Joaquim Chaves Saúde Porto Pro, a segunda de cinco etapas da Liga MEO Surf 2022, a primeira divisão do surf nacional.

A surfista da Linha de Cascais confirmou na final frente a Carilina Mendes a terceira vitória consecutiva na etapa, sendo a sétima vez que vence nas ondas do Norte. No total é a 22.ª vitória em etapas para a surfista de apenas 22 anos, que se estreou a vencer, precisamente, no Porto. Um excelente tónico para a partida rumo à Austrália, onde a partir de maio começa a luta pela qualificação para o circuito mundial da World Surf League, onde vai ter a companhia das compatriotas Kika Veselko, Mafalda Lopes e Yolanda Hopkins.

“Esta é uma etapa pela qual tenho muito carinho”, começou por dizer Teresa Bonvalot. “Venho cá há muitos anos e adoro as pessoas no Porto. São sempre três dias muito bem passados e voltar aqui é sempre incrível. Sair daqui com a vitória, após três dias de condições exigentes, acaba por ser um ótimo treino para o que aí vem. Estou confiante para o circuito Challenger Series, que está prestes a começar. O meu objetivo passa sempre por evoluir e fazer crescer a atleta que sou. Vou dar o meu melhor para ficar cada vez mais perto de alcançar os meus objetivos, que é chegar ao circuito mundial e um dia ser campeã mundial”, frisou a atleta da Linha de Cascais.

No lado masculino, outro atleta da Linha Vasco Ribeiro chegou à final como favorito, mas Afonso Antunes estragou-lhe os planos, graças a um arranque muito forte. O surfista júnior conseguiu completar um aéreo que lhe valeu 7,50 pontos e de seguida juntou uma nota de 7,75, confirmando logo aí o score de 15,25 com que terminou o heat. Vasco ainda respondeu, mas não conseguiu mais que 12,90 pontos. Apesar da derrota, Vasco conseguiu manter a liderança do ranking.

Este desfecho acabou por impedir Vasco Ribeiro de revalidar o título da etapa, mas também de igualar o recorde de vitórias em etapas do circuito nacional (16), que pertence, precisamente, ao pai de Afonso, João Antunes. Esta foi a quarta vitória da carreira para o jovem surfista, que na próxima etapa vai competir na onda em que já triunfou por mais vezes: Ribeira d’Ilhas (2020 e 2021).

“Sabia que na final tinha de fazer algo de diferente porque era contra o Vasco Ribeiro”, atirou Afonso Antunes. “Como não tenho tanto surf power como o Vasco, sabia que tinha de tentar mais os aéreos. Consegui acertá-los e mais algumas combinações, o que me deixou feliz por alcançar esta vitória. O meu objetivo é o título nacional e é para isso que tenho estado a trabalhar. No início do ano deixei-me afetar um pouco por algumas coisas que foram ditas sobre mim e que não eram verdade, mas estou a aprender com o tempo, sem pressão e focado no objetivo principal”, vincou o surfista da Linha de Cascais.

Resultados finais do Joaquim Chaves Saúde Porto Pro:

Final masculina: Afonso Antunes 15,25 x Vasco Ribeiro 12,90

Final feminina: Teresa Bonvalot 14,45 x Carolina Mendes 11,00

Go Chill Expression Session feminina: Carolina Mendes

Go Chill Expression Session masculina: João Moreira

Joaquim Chaves Saúde Best Wave: Vasco Ribeiro, 9,25 pontos na ronda 1

Bom Petisco Girls Score: Teresa Bonvalot, 14,45 pontos na final

PUB
Artigos relacionados:

Coloque as Farmácias de Serviço no seu site