Director: João Carlos Vieira
Quinta, 05 Agosto 2021 - Periocidade diária
2021-06-22 17:43
Festival Sete Sóis Sete Luas regressa a Oeiras

O Parque dos Poetas recebe, pela primeira vez, dois dos 11 espetáculos que constituem o programa do Festival Sete Sóis Sete Luas (FSSSL), que continua a ter como palco principal a Fábrica da Pólvora de Barcarena, e vai decorrer entre 27 de junho e 27 de agosto.

Esta 29ª edição do FSSSL que arranca com uma estreia nacional, o “FOC”, um espetáculo de rua eminentemente visual, sem palavras, que gira em torno do fogo, da prestigiada companhia de teatro catalã LAvalot, no dia 27 de junho, às 21h30, no Auditório Almeida Garrett, no Parque dos Poetas, em Oeiras.

Ao longo de dois meses, vão passar pelo FSSSL Med 7 Sóis Orkestra (Mediterrâneo/Cabo Verde/La Réunion), Leo Bassi (Espanha), Arab-Jewlsh 7 Luas Ensemble (Mediterrâneo), Ceuzany & Orquestra Popular 7 Sóis do Fogo (Cabo Verde), Luar na Lubre (Galiza, Espanha), Zagala (Castilha-León), Gwendoline Absalon (La Réunion) & Santo Antão 7 Sóis Band (Cabo Verde), Edu Miranda (Brasil) e Parafoné (Calábria).

Recorde-se que o Festival Sete Sóis Sete Luas é promovido por uma Rede Cultural de 30 cidades de 12 Países do Mediterrâneo e do mundo lusófono: Brasil, Cabo Verde, Croácia, Eslovénia, Espanha, França, Israel, Itália, Marrocos, Portugal, Tunísia e Turquia.

A promoção da arte e cultura com vista à aproximação entre países, cidades e pessoas é o ponto de partida para este Festival, que assenta numa estratégia de coesão, descentralização territorial e fusão intercultural. O intercâmbio estabelecido dá origem a um conjunto de sinergias, convidando a uma viagem de descoberta e fruição pelos universos da arte, do folclore da gastronomia, do património arquitetónico e vernacular das regiões envolvidas, bem como das suas gentes.

Programa:

Domingo, 27 de junho – 21h30 (Auditório Almeida Garrett, Parque dos Poetas, Oeiras)

L AVALOT (Catalunha)

“FOC” – Teatro de Rua com fogos e parada

L Avalot é uma prestigiada companhia de teatro de rua. Em 1985 realizou o seu primeiro espetáculo, conseguindo ao longo dos anos envolver milhares de espectadores nas suas performances – sempre com grande êxito. “FOC” é um espetáculo de rua eminentemente visual, sem palavras, que gira em torno do fogo. Não tem um desenvolvimento clássico, mas une uma série de ações que criam imagens e situações perfeitamente reconhecíveis: a dificuldade de criar fogo, a dificuldade de apagá-lo, a proteção que nos dá e a força que nos oferece. O fogo é um elemento estético e de enredo: o fogo criativo que forja o ferro e o fogo lúdico tão presentes nas tradições catalãs. Estreia nacional

Sexta-feira, 2 de julho – 21h30 (Fábrica da Pólvora de Barcarena)

MED 7SÓIS ORKESTRA (Mediterrâneo/Cabo Verde/La Réunion)

O Festival Sete Sóis Sete Luas, centro de produção e criação dedicado à música do mundo mediterrâneo e lusófono, apresenta a Med 7Sóis Orkestra, a sua criação sinfónica multiétnica de 2021. Com uma equipa incrível, que reúne músicos norte-africanos, dos Balcãs, de La Réunion e músicos da bacia do Mediterrâneo, o conjunto mistura instrumentos e instrumentistas das culturas ocidental, oriental e africana, dando vida a sons antigos e ao mesmo tempo novos. Sob a direção musical do compositor, produtor e guitarrista português Diogo Clemente, integram a orquestra: Carlo Faiello (baixo, contrabaixo e voz do sul da Itália); Humberto Ramos (pianista e histórico colaborador de Cesária Évora, de Cabo Verde); Teo Collori (guitarra da Eslovênia); Laurence Beaumarchais (voz da ilha francesa de La Réunion). 20.000 milhas numa única orquestra que é um porto franco onde é possível contar a história de cada cultura através da música! Produção Original do Festival Sete Sóis Sete Luas

Domingo, 4 de julho – 21h30 (Auditório Almeida Garrett, Parque dos Poetas, Oeiras)

LEO BASSI (Espanha)

“Instintos Ocultos” – performance de magia / palhaço

Reconhecido mundialmente pelas extravagantes atuações de teatro e pelas suas ações de tom provocador, Leo Bassi pertence a uma antiga família de atores excêntricos e de palhaços circenses oriundos de Itália, França e Inglaterra. É considerado um criador moderno e, em simultâneo, um mágico com um estilo muito pessoal: transgressivo, físico e intelectual. Com uma extraordinária capacidade de improvisação com o público, o seu trabalho desenvolveu-se em diferentes direções, tanto em teatros como em grandes eventos ao ar livre, até espetáculos realizados em autocarros ou barcos, passando por programas de televisão de todo o mundo.

Sexta-feira, 9 de julho – 21h30 (Fábrica da Pólvora de Barcarena)

ARAB-JEWISH 7LUAS ENSEMBLE (Mediterrâneo)

O Arab-Jewish 7Luas Ensemble é um conjunto de talentos dedicados à tradição vocal e instrumental do mundo árabe, judeu e do Mediterrâneo que reúne fabulosos músicos como José Peixoto, antigo fundador dos Madredeus, a conhecida cantora Mor Karbasi, israelita de origem persa e marroquina, e Mario Crispi, uma das figuras históricas da world music italiana. O repertório do grupo inclui músicas festivas e peças instrumentais de gêneros folclóricos, populares e clássicos da França, de Israel, da Itália, de Portugal e da Tunísia, inspirando-se em ritmos, instrumentos e vocalidades destes países, realizando inesquecíveis improvisações típicas da tradição árabe e oriental. Produção original do Festival Sete Sóis Sete Luas. Estreia nacional.

Sexta-feira, 16 de julho – 21h30 (Fábrica da Pólvora de Barcarena)

CEUZANY & ORQUESTRA POPULAR 7SÓIS DO FOGO (Cabo Verde)

Produção original do Festival Sete Sóis Sete Luas realiza-se com a participação da famosa cantora cabo-verdiana Ceuzany e dos conceituados músicos da Orquestra Popular Sete Sóis da ilha do Fogo. Cantora desde os 12 anos de idade, Ceuzany ficou conhecida pelo seu talento e pela sua voz potente, sensual e incomparável. A sua carreira musical foi evoluindo de forma muito rápida. Integrada no grupo Cordas do Sol, Ceuzany fez uma digressão que passou por vários países, projetando Cabo Verde ao resto do mundo. Venceu o prémio de melhor intérprete feminina e melhor música tradicional no mais prestigioso prémio musical Cabo-Verdiano: “Cabo Verde Music Awards” em 2017. Com a Orquestra Popular Sete Sóis do Fogo apresenta um repertório de originais e de temas tradicionais inspirados nos ritmos da ilha do Fogo.

Estreia nacional

Sexta-feira, 23 de julho – 21h30 (Fábrica da Pólvora de Barcarena)

LUAR NA LUBRE (Galiza, Espanha)

Luar na Lubre é um dos grupos musicais mais famosos de toda a Espanha. Originário da Galiza, o seu repertório é centrado essencialmente na música tradicional galega com arranjos musicais contemporâneos. Os instrumentos tocados pela banda vão desde a típica gaita galega ao bodhrán celta, acompanhado por flautas, violinos e violoncelos. Colaboraram com o conhecido músico inglês Mike Oldfield, com o qual fizeram algumas turnês internacionais. O tema Tu Gitana é o hino oficial do Concelho Galego. O nome do grupo é composto por duas palavras galegas: Luar é, como em português, o luar, e Lubre, que é um bosque mágico na cultura e mitologia celtas.

Sexta-feira, 30 de julho – 21h30 (Fábrica da Pólvora de Barcarena)

ZAGALA (Castilha-León)

Zagala surgiu em Madrid em 2015 e gravou o seu primeiro álbum em 2018. O seu repertorio é fruto de uma pesquisa da tradição da Península Ibérica e de ritmos de dança – jotas, seguidillas, charros, fandanguillos, ajechaos, sevilhanas... A banda utiliza instrumentos como a mandola, violão, violino ou pandero cuadrado de Peñaparda (adufe) ou pandeiretas, colheres e panelas. A música de Zagala é caracterizada pela energia e fusão de diferentes instrumentos tradicionais de várias regiões de Espanha e de épocas distintas, que produzem um som totalmente original. Tocaram em festivais famosos, como Demanda Folk (Burgos) e Folkarria (Madrid), com enorme reconhecimento por parte do público. Estreia nacional

Sexta-feira, 6 de agosto – 21h30 (Fábrica da Pólvora de Barcarena)

7LUAS MED ORKESTRA (Mediterrâneo/Cabo Verde/La Réunion)

A 7Luas Med Orquestra é o nome da nova criação artística original do Sete Sóis Sete Luas. Surge do trabalho conjunto de seis músicos conceituados provenientes das diferentes margens do Mare Nostrum, do mundo lusófono e creolófono. Partilham tradições culturais e criam temas musicais inéditos que testemunham a possibilidade de compreensão e de diálogo. Os músicos ensemble de renome são Custódio Castelo (Portugal) na guitarra portuguesa e direção musical, Bernard Joron (La Réunion) no cante, Alide Sans (Catalunha) no cante, guitarra e acordeão, Moisés Ramos (Cabo Verde) no piano, Tiago Soares (Portugal) na percussão e Mario Rivera (Sicília) no baixo.

Produção Original do Festival Sete Sóis Sete Luas

Sexta-feira, 13 de agosto – 21h30 (Fábrica da Pólvora de Barcarena)

GWENDOLINE ABSALON (La Réunion) & SANTO ANTÃO 7SÓIS BAND (Cabo Verde)

Esta produção original do Festival Sete Sóis Sete Luas conta com a participação de 5 prestigiados músicos da ilha de Santo Antão. O repertório do grupo defende a tradição musical das montanhas da ilha de Santo Antão, uma das mais ricas culturalmente de Cabo Verde, através da recuperação dos temas de trabalho dos camponeses e dos pescadores, utilizando o crioulo, que confere aos temas uma emoção especial. Os 5 músicos, Domingos Lima, Rogério Monteiro, Rui Salomão, Roger dos Santos, John D’Brava foram dirigidos musicalmente pelo mestre italiano Mário Incudine. É convidada especial para este concerto a conhecida cantora da ilha francesa de La Réunion: Gwendoline Absalon.

Estreia nacional

Sexta-feira, 20 de agosto – 21h30 (Fábrica da Pólvora de Barcarena)

EDU MIRANDA (Brasil)

Edu Miranda é um nome incontornável da música brasileira com um percurso longo de 22 anos. O seu trabalho musical foi sempre valorizado por grandes nomes da música com quem colaborou em diversas ocasiões, nomeadamente Gilberto Gil, Mário Laginha, Maria João, Martinho da Vila, Filipa Pais, Pedro Jóia, João Afonso, Rui Veloso, André Sardet, Luís Represas, Isabel Silvestre, Real Companhia, Danças Ocultas e Amina Alaoui, não esquecendo o trabalho desenvolvido ao longo de vários anos com o grande mestre da guitarra portuguesa António Chaínho.

Sexta-feira, 27 de agosto – 21h30 (Fábrica da Pólvora de Barcarena)

PARAFONÉ (Calábria)

O grupo musical Parafoné surgiu em 2005 e representa uma das bandas mais inovadoras do sul da Itália no panorama da Música do Mundo. A recuperação e o renascimento da música tradicional da Calábria projetaram o grupo para a redescoberta de sons intemporais. Em 2016 é nomeado para a Targa Tenco como melhor álbum em dialeto. No mesmo ano obteve a Menção Honrosa do Júri Crítico Internacional no Prémio Parodi 2016 italiano. Parafoné fez parte do elenco da Orquestra Popular da Calábria, cujos projetos receberam artistas do calibre de Piero Pelù, Simone Cristicchi e The Dhol Foundation.

Estreia nacional

Normas de acesso: Entrada gratuita, limitada aos lugares disponíveis e mediante apresentação de bilhetes. Os bilhetes serão entregues (limite de 4 por pessoa) no dia do espetáculo, a partir das 15h00, no Posto de Informação no local do evento; Espetáculos não aconselhados a menores de 6 anos; Não se aceitam reservas; os bilhetes são válidos até ao início do espetáculo. Findo este período os lugares não ocupados serão disponibilizados ao público em geral; Não é permitida a entrada após o início do espetáculo; deverá ser evitado o uso de telemóvel ou de outros equipamentos sonoros durante o decorrer do espetáculo; O bilhete deve ser conservado até ao final do espetáculo; O programa pode ser alterado por motivos imprevistos.

Cumprimento das orientações e normas de segurança no âmbito da COVID-19: Uso obrigatório de máscara à entrada e à saída e em espaços interiores; Higienização obrigatória das mãos à entrada dos espetáculos; O público deverá respeitar as normas de distanciamento social recomendado pela DGS; É reservado o acesso a quem não cumprir as normas de segurança; A Câmara Municipal de Oeiras acompanhará em permanência a evolução da COVID-19 e as recomendações das autoridades de saúde nacionais, ajustando as medidas agora adotadas sempre que as circunstâncias o determinem.

DL/CM Oeiras

PUB
Artigos relacionados:

Coloque as Farmácias de Serviço no seu site