Director: João Carlos Vieira
Terça, 11 Maio 2021 - Periocidade diária
2021-04-10 17:40
Sportivo de Carcavelos assinala centenário

Com as tradicionais comemorações adiadas, por via do confinamento originado pelo atual estado pandémico, O Grupo Sportivo de Carcavelos, assinalou simbolicamente, a 9 de abril, o 100.º aniversário.

Há 100 anos feitos no passado dia 5 de março, o histórico clube da Linha nasceu por iniciativa de um grupo de adeptos do ciclismo que então decidiu fundar uma associação em Carcavelos e dar-lhe o nome de Sportivo de Carcavelos, inspirando-se no Sports, uma popular publicação desportiva da época.

E tudo começaria por correr sobre rodas, já que o ciclismo era verdadeiramente a vocação dos fundadores, Joaquim António Pinto e José Coelho, Edgar Müller Elias e José Leire da Motta, mais os 50 sócios que a eles se juntaram na ocasião.

Entre estes, destacar-se-ia Aníbal Firmino Silva, filho do caseiro da Quinta da Alagoa e, um tal de José Maria Nicolau, que no início dos anos 30 do século passado animaria os mais apaixonados pelo desporto em geral e pelo ciclismo em particular numa disputa, quilómetro a quilómetro, com outro famoso ciclista, um tal de Alfredo Trindade, dois dos responsáveis pela velha rivalidade entre benfiquistas e sportinguistas.

Mas, voltando à década de 20, seria o cascalense António Augusto de Carvalho, o primeiro a inscrever o nome do Grupo Sportivo de Carcavelos na história do Desporto Nacional. Este ciclista de Albarraque, levado pela mão de Aníbal Firmino para o Grupo, foi o vencedor da primeira Volta a Portugal, em 1927 e com a camisola do Sportivo de Carcavelos.

Mas se a história deste centenário clube começou muito bem, agora, 100 anos depois, parece haver boas razões para que o futuro se perspetive risonho, um futuro que qualquer um dos fundadores não enjeitaria. É que para além da placa comemorativa dos 100 anos, entregue pelo presidente da Câmara Municipal de Cascais, Carlos Carreiras, a notícia que acompanhou a placa comemorativa deu ainda mais brilho à comemoração simbólica, adiada para 9 de abril devido ao confinamento importo pela pandemia.

O vereador Frederico Nunes, com os pelouros da Juventude e do Desporto que, juntamente com Nuno Filipe Alves, presidente da União das Juntas de Freguesia Carcavelos/Parede,  acompanhou Carlos Carreiras, anunciaria ao presidente do GSC, Victor Manuel Santos que, em breve, o Sportivo poderia contar com terrenos que vão permitir a construção de um pavilhão para a prática da modalidade de Ginástica de Trampolins, modalidade essa que já conta no historial do clube com uma atleta medalhada nos campeonatos da Europa e do Mundo, de seu nome Mariana Carvalho, para além dos inúmeros praticantes.

A outra boa nova era dada pelo próprio presidente do GSC, Victor Manuel Santos: No ano do centenário está a nascer uma nova (velha) modalidade: O ciclismo. O Grupo Sportivo de Carcavelos regressa às suas origens, volta a correr sobre rodas desta vez arrancando com um grupo de jovens na formação do ciclismo.

Victor Manuel Santos está confiante que, tal como a Ginástica de Trampolins ou o Halterofilismo, onde o clube teve uma brilhante representação Olímpica através de Raúl Dinis, também o ciclismo voltará a dar alegrias aos mais 800 associados do Grupo Sportivo de Carcavelos.

PUB
Artigos relacionados:

Coloque as Farmácias de Serviço no seu site