Director: João Carlos Vieira
Sábado, 26 Setembro 2020 - Periocidade diária
2020-09-01 12:32
Oeiras apresenta espetáculo de Mornas e Coladeiras por Cremilda Medina

Cremilda Medina, uma das vozes mais marcantes da atualidade na música tradicional de Cabo Verde, traz as sonoridades das Mornas e Coladeiras do seu país, a Oeiras.

A artista vai cantar "Folclore" no próximo sábado, dia 5 de setembro, às 22H00, no Auditório ao Ar Livre do Pátio do Enxugo, na Fábrica da Pólvora de Barcarena.

A entrada no Auditório é livre, limitada à respetiva lotação (200 pessoas) e de acordo com as normas de acesso relativas ao COViD19 impostas pela Direção Geral de Saúde. O espetáculo também vai ser transmitido via live streaming pelo Facebook do Município de Oeiras.

Carregando consigo parte da cultura do seu país, Cremilda Medina faz parte da nova geração da música popular/tradicional de Cabo Verde, no estilo de “Morna” e “Coladeira”, dando seguimento à essência musical das ilhas crioulas.

A “Morna”, Património Cultural Imaterial da Humanidade pela Unesco é a estrela guia de Cremilda e o estilo musical com que mais se identifica e mais tem encantado os palcos por onde tem passado.

Com uma carreira assente nas tradições do seu povo, com a musicalidade que caracteriza Cabo Verde, Cremilda deu-se a conhecer ao grande público com o seu álbum de estreia “Folclore”, um álbum que tem recebido as melhores críticas e que mereceu o reconhecimento nacional e internacional onde foi já merecedora de vários prémios.

Com uma voz que embala e transporta consigo o sentimento de um povo, Cremilda canta de coração cheio e em cada canção faz transbordar toda a emoção e identidade de Cabo Verde.

Repertório:

Raio de Sol, de Miguel Silva e Renato Monteiro
Um Sonho Cordode, de Paulino Vieira
Nha Juquina, de Jon Luz
Mata Morte, de Ti Goi (Gregório Gonçalves)
Desilusão dum Amdjer, de António Gomes Marta e Nhelas Spencer
Esse Pais, de Manuel de Novas
Nôs Morna, de Manuel de Novas
Falta di Força, de Ti Goi (Gregório Gonçalves)
Sonho dum Criola, de Morgadinho (Joaquim Almeida)
Mar Azul, de B.Leza (Francisco Xavier da Cruz)

PUB
Artigos relacionados:

Coloque as Farmácias de Serviço no seu site