Director: João Carlos Vieira
Domingo, 17 Novembro 2019 - Periocidade diária
2019-11-06 12:52
Oeiras prossegue com ciclo dedicado à Música Barroca em Portugal

Dedicado inteiramente à música Barroca em Portugal, o ciclo de Outono do West Coast Early Music Festival prossegue no próximo fim de semana com mais dois concertos, em Oeiras.

No dia 8 de novembro, o concerto “O Spinettino”, Diálogos Com a Música e os Instrumentos Antigos, com Cândida Matos, às 19:00, na Escola de Música Nossa Senhora do Cabo, em Linda-a-Velha. No sábado, dia 9, Cândida Matos, também vai estar, desta vez, com Música Italiana dos Séculos 16 e 17 para Spinettino e Cravo, no Salão Nobre do Palácio do Marquês de Pombal, em Oeiras.

Este Festival, organizado pela Música Antiga Associação Cultural (MAAC) com o apoio do Município de Oeiras, apresenta o melhor da música antiga executada em Portugal entre os séculos XVI e XIX. Nesta linha, integram-se várias atividades do evento que, desde 2009, têm marcado a ação da MAAC na difusão da música antiga em Portugal e no estrangeiro.

No programa de outono de 2019, destacam-se as obras de compositores portugueses do período Barroco, algumas apresentadas em primeira audição moderna, como os concertos orquestrais de Pereira da Costa, e confrontam-se com as de outros centro-europeus.

São também apresentados instrumentos e repertórios musicais muito particulares e pouco difundidos nos tempos atuais, como o saltério e spinettino. Para alargar o conhecimento destes instrumentos, convida-se todo o público a assistir aos “Diálogos com a Música e Instrumentos”, que acontecem nos dias 8, 15 e 25 de Novembro, na Escola de Música Nossa Senhora do Cabo, em Linda-a-Velha, onde poderá contactar de modo mais direto com os artistas e com os instrumentos.

O ciclo de concertos abriu, no passado dia 2, com um programa dedicado a Fernando Almeida (1603/4-1660). Compositor maior do panorama musical da primeira metade de seiscentos.

Seguem-se, agora, os concertos dedicados à música barroca italiana e a sua influência nos contextos musicais portugueses, onde o spinettino e o saltério estarão em destaque nos dias 9 e 16 de novembro, respetivamente. Teremos a maior especialista em saltério da atualidade.

O Festival conta com alguns dos melhores músicos e solistas na área da música antiga oriundos de Portugal, Espanha, Itália, Polónia, França, Brasil.

O programa do ensemble Allettamento no dia 24 de novembro coloca em confronto diferentes escolas da sonata barroca, com as suas idiossincrasias regionais, como a Folia e o Fandango do compositor barroco português Pedro Nogueira.

Para encerrar a edição de 2019, o concerto da orquestra barroca Concerto Ibérico, o qual, prosseguindo o trabalho de difusão da música barroca para orquestra, executará em primeira audição moderna alguns dos concertos grossos do compositor madeirense António Pereira da Costa (1697-1770), confrontando-os com o que se tornou modelo clássico dos concertos grossos no período Barroco, que são os concertos de Corelli.

Programa completo, acima.

PUB
Artigos relacionados:

Coloque as Farmácias de Serviço no seu site