Director: João Carlos Vieira
Quinta, 14 Novembro 2019 - Periocidade diária
2019-09-01 20:40
Cascais Vela 2019

O “Cascais Vela” 2019 proporcionou, ao logo de três dias, mais um grande espetáculo, designadamente à população que frequentava as praias da Linha, e que assim teve oportunidade de ver em ação as cinco frotas que disputaram o campeonato.

No derradeiro dia de provas, a classe Moth realizou apena uma regata, com as condições de vento a dificultar a vida aos velejadores. A classificação do pódio foi igual à da regata de fecho, sendo Francisco Andrade o grande vencedor da regata e da edição do Cascais Vela 2019, Regata Clube Naval de Cascais. Em Segundo Lugar ficou Tiago Leal seguido de Henrique Brites a fechar o TOP 3 desta edição.

Na classe ORC a regularidade dos barcos foi impressionante com O Syone – One de Nuno Neves a vencer as duas regatas do dia e assim consolidar o seu lugar mais alto da classificação geral da divisão B do Troféu Quebramar. O Lusitânia –Super Açor capitaneado por Gonçalo Vaz Botelho fez dois segundos lugares, seguido de dois terceiros lugares do Projecto-03 de Frederico Rodrigues e assim fecharam, respetivamente, o pódio da divisão B. Já na divisão A, o grande vencedor foi o Nacex –Funbel de António Noronha, seguido do Emotion do João Paulo Nunes e timonado por Nuno Alexandre.

A classe APIC fez uma regata costeira dentro da baía de Cascais. Henrique Vasconcellos Dias levou a melhor e venceu esta regata a bordo do seu Tal A Roz. O Tal a Roz foi seguido pelo Aurora I de Jorge Leitão e a fechar o pódio ficou o Sea Lion de Manuel Champalimaud. A vitória de de Henrique Vasconcellos Dias não foi suficiente para derrubar o Sea Lion de Manuel Champalimaud, que subiu ao lugar mais alto do pódio este ano no Cascais Vela, tendo ficado ambos os barcos, Sea Lion e Tal A Roz empatados na classificação geral. A fechar o pódio ficou o Aurora I de Jorge Leitão.

Na classe NHC, no dia decisivo, depois de uma excelente regata costeira a linha de honra foi para o Whisper de Rui Neves, esta linha de honra converteu-se no terceiro lugar em tempo corrigido. Em tempo corrigido o Metralha comandado pelo José Vozóne foi o grande vencedor seguido de Miguel Lopes aos comandos do seu Breeze. A batalha pelo lugar mais alto do pódio esteve bem acesa com um empate em pontos entre o Breeze e o Metralha. A vitória final em tempo corrigido de José Vozone garantiu o título de campeão da Regata Marina de Cascais nesta edição do Cascais Vela. A fechar o pódio desta edição ficou o Tiago Matos com o Altitudes 2.

No desafio Mitsubishi a frota foi disputar o último dia de campeonato com tudo em aberto para o pódio. O MST de Vasily Grigoriev com Maxim Kuzim e Mikhail Markin não esteve nos seus dias, com um 17º lugar na primeira regata do dia e fazendo uma larga adiantada na segunda, Vasily viu o primeiro lugar do campeonato a fugir-lhe por entre os dedos terminando na terceira posição esta edição do Cascais Vela. Era o dia de tudo ou nada para o Dom Pedro Hotels de José Paulo Ramada, com Miguel Leal Faria, António Pereira e Gonçalo Ribeiro que atacaram com tudo o topo da classificação vencendo a primeira regata do dia e ficando em terceiro lugar na seguinte.

Estes resultados do Dom Pedro Hotels não foram suficientes pois o SailCascais-Animal de Vasco Serpa, com Joaquim Moreira e Martim Mastbaum, mostrou que a regularidade compensa fazendo um terceiro e um segundo lugar e assim reservando o seu lugar no olimpo. Esta foi mais uma edição especial para a classe SB20 pela primeira vez no clube teve três tripulações completamente femininas. A luta pelo prémio da Clarins não foi menos disputada que o primeiro lugar da geral. O Women on Water de Teresa Borges Coutinho acompanhada por Mafalda Barros, Mariana Almada e Teresa Borges Coutinho conseguiu vencer com apenas um ponto de distância do barco Miudas de Margariada Aguiar, Sofia Regojo, Ana Champalimaud e Maria Anjos.

PUB
Artigos relacionados:

Coloque as Farmácias de Serviço no seu site