Director: João Carlos Vieira
Terça, 20 Agosto 2019 - Periocidade diária
2019-07-23 16:29
Mundiais de Veteranos em Lisboa, Oeiras e Cascais

Um recorde de participação de 131 seleções nacionais marca o ITF Seniors World Team Championships, o Campeonato do Mundo de Veteranos por Equipas da Federação Internacional de Ténis, que a Federação Portuguesa de Ténis (FPT) organiza de 4 a 9 de agosto em Lisboa, Oeiras e Cascais. Mais uma grande realização desportiva, que tem o apoio do Município de Oeiras.

«É um novo máximo e irá trazer a Portugal mais de 500 jogadores de todo o Mundo», disse o presidente da FPT, Vasco Costa, na inauguração da exposição “O Ténis em Portugal, de 1975 a 2019”, no Museu Nacional do Desporto, cerimónia que contou com os mais elevados representantes da Secretaria de Estado do Desporto e Juventude, Instituto Português do Desporto e Juventude, Comité Olímpico de Portugal e Confederação do Desporto de Portugal.

O ITF Seniors World Team Championships vai realizar-se pela primeira vez em Portugal e trará ao Complexo de Ténis do Estádio Nacional, ao Clube Internacional Foot-Ball (CIF) e ao Clube de Ténis do Estoril (CTE), todos palcos de memoráveis eliminatórias da Taça Davis, a esmagadora maioria dos jogadores melhor classificados no ranking mundial da Federação Internacional de Ténis (ITF), nos escalões etários de mais de 50, mais de 55 e mais de 60 anos, em ambos os géneros. Portugal terá seleções nacionais nos seis troféus em disputa.

«A nossa candidatura foi bastante renhida, já que concorreu com outros 14 países. Teria de ser organizada na Europa ou em África e diria que foi um trabalho árduo. Foi-nos atribuído um dos eventos com mais prestígio e com mais participantes», disse Vasco Costa, aquando do anúncio aos media da vitória desta candidatura, salientando também que, entre outros apoios, a prova mereceu a atenção de Lisboa, capital Europeia do Desporto 2021.

Há tantos atletas envolvidos, oriundos de 33 países, que foi necessário envolver infraestruturas de três concelhos distintos.

O CTE, em Cascais, palco do Millennium Estoril Open, disponibiliza oito courts para receber a Maria Esther Bueno Cup (mais de 50 anos feminino), em honra da brasileira vencedora de sete torneios de singulares do Grand Slam.

O CIF, em Lisboa, a casa do Lisboa Belém Open, cede nove campos para acolher a Fred Perry Cup (mais de 50 anos masculino), em nome do inglês que somou oito Majors em singulares.

O Centro Desportivo Nacional do Jamor, em Oeiras, a sede dos antigos Open de Portugal e Estoril Open, conta com 25 courts para hospedar a Maureen Connolly Cup (mais de 55 anos feminino), Alice Marble Cup (mais de 60 anos feminino), Austria Cup (mais de 55 anos masculino) e Von Cramm Cup (mais de 60 anos masculino).

Os nomes destas provas homenageiam a norte-americana Maureen Connolly, que ganhou nove Majors de singulares e foi uma das raras cinco personalidades do ténis a completar o verdadeiro Grand Slam, quando venceu os torneios de singulares dos quatro maiores torneios do Mundo em 1953.

É ainda distinguida outra norte-americana, Alice Marble, que colecionou cinco títulos de singulares do Grand Slam.

Finalmente, recorda-se igualmente o alemão Gottfried von Cramm, que conquistou por duas vezes Roland Garros em singulares.

A cerimónia de abertura do ITF Seniors World Team Championships está agendada para as 16h30 do dia 3 de agosto e a ITF admite que a prova possa estender-se até 10 de agosto em caso de meteorologia adversa durante a competição.

A qualidade dos quadros técnicos da FPT permite-lhe que este Mundial seja verdadeiramente dirigido por portugueses, o que não deixa de ser um orgulho para o país.

O diretor de torneio será o experiente José Carlos Santos Costa, o juiz-árbitro será Paulo Cardoso (distintivo de prata da ITF), o seu assistente Marco Romão (distintivo de prata da ITF), e ainda os árbitros Dino Almeida (distintivo branco da ITF) e Jorge Cardoso (credenciado pela FPT).

Uma vez concluído o mais importante torneio de ténis jamais realizado em Portugal, dos que contam para o ranking mundial de veteranos da ITF, a elite dos participantes nestes escalões etários irá permanecer mais uma semana no nosso país.

É que de 10 a 17 de agosto a FPT organizará também o ITF World Individual Championships, ou seja, o Mundial nos mesmos escalões etários, nas categorias de singulares femininos e masculinos, pares femininos, pares masculinos e pares mistos, havendo ainda direito a torneios de consolação.

Uma atividade intensa, distribuída pelo Estádio Nacional e, se necessário, pelo CIF. Serão quadros de 128 entradas em singulares e de 64 nos pares e pares mistos, havendo atletas portugueses em todas as categorias.

Uma vez mais, José Carlos Santos Costa será o diretor de torneio, mas o juiz-árbitro será desta feita Marco Romão, com a assistência de Paulo Cardoso e Jorge Cardoso.

A organização destes dois Mundiais de Veteranos em Portugal marca o reforço da imagem do país em geral e da FPT em particular junto da ITF.

Portugal estará representado no Mundial por Equipas pelos seguintes jogadores e capitães:

Seleção Feminina +50 anos: Paula Falcão (Capitã), Isabel Pinto, Paula Silvestre, Deolinda Duarte.

Seleção Masculina +50 anos: Nuno Delfino (Capitão), Vasco Graça, Nuno Mota, Pedro Martins.

Seleção Feminina +55 anos: Conceição Vinha (Capitã), Luísa Gouveia, Paula Zoio, Isabel Costa.

Seleção Masculina +55 anos: Paulo Travassos (Capitão), Sotero Rebelo, João Freitas, Jorge Almeida.

Seleção Feminina +60 anos: Isabel Eça (Capitã), Carmo Santos, Margarida Araújo, Conceição Novo.

Seleção Masculina +60 anos: Vítor Pereira (Capitão), José Pereira, Manuel Sousa, Gil Reis.

PUB
Artigos relacionados:

Coloque as Farmácias de Serviço no seu site