Director: João Carlos Vieira
Sexta, 22 Março 2019 - Periocidade diária
2018-12-21 10:12
Oeiras gigante impõe empate ao Benfica

O jogo entre a Associação Desportiva de Oeiras e o Sport Lisboa e Benfica foi o único a realizar-se antes do Natal, em antecipação à 11.ª jornada do nacional da 1.ª divisão, marcada para 5 de janeiro.

Em Oeiras, na noite de quinta-feira, defrontavam-se o segundo o último contra o segundo classificado do campeonato, e talvez quase ninguém esperasse pelo desfecho final da partida, um empate a quatro golos, fruto de uma grande exibição da jovem turma da Linha.

O jogo começou repartido e jogado a um ritmo bem veloz, com a equipa de Oeiras dar uma excelente réplica, mesmo depois de sofrer dois golos de rajada e ver-se a perder por 0-2.

Os oeirenses orientados por Miguel Dantas não se deixaram intimidar, reagiram bem à desvantagem e conseguem o volte face ainda na primeira parte, também com dois golos, o primeiro da autoria de Diogo Alves e o segundo apontado por Gonçalo Conceição, a restabelecer o empate, resultado com que chegaria o intervalo, 2-2.

As segunda parte não foi muito diferente, recheada de fortes emoções, embora o Benfica tivesse reentrado forte e marcado muito cedo. Os encarnados chegaram mesmo ao 2-4, mas mais uma vez, quando tudo parecia estar perdido para o a turma da Linha, eis que o Oeiras se agiganta e volta a causar danos junta da baliza do Benfica.

Já à entrada para os cinco minutos finais, primeiro a desilusão, quando o capitão Tiago Nogueira não consegue transformar um livre direto, que podia dar o empate. Mas logo a seguir, o Oeiras consegue novo volte face em tempo relâmpago.

Primeiro, Diogo Alves marca o 3-4 e depois é a vez de Tato Ferrúcio, a 50 segundos do fim, consumar o empate final, 4-4, a culminar com uma grande exibição da Associação Desportiva de Oeiras.

A turma da Linha amealhou assim um precioso ponto, mas ainda assim não foi o suficiente para abandonar o último lugar da tabela, somando agora sete pontos, os mesmos das equipas do Sporting de Tomar e do Marinhense, as três equipas que se encontram abaixo da linha de água, ou seja a zona vermelha da despromoção.

Na frente da classificação, o Benfica, agora com24 pontos, no segundo lugar, acaba por dar a oportunidade ao Sporting, que tem 26 pontos, de se lançar ainda mais na liderança, pois ainda lhe falta disputar o seu jogo com o Marinhense, um dos últimos da tabela.

Quanto à outra equipa da Linha, o Paço de Arcos, que se encontra também em situação complicada, no 11.º lugar com oito pontos, joga para esta 11.ª jornada também no dia 5 de janeiro, estando-lhe reservada uma difícil deslocação a casa da Juventude de Viana.

Depois, na 12.ª jornada,  agendada para o dia 12 de janeiro, a Associação desportiva de Oeiras vai jogar ao recinto do Sporting de Tomar, enquanto ao Clube Desportivo de Paço de Arcos cabe uma deslocação à capital, a casa do líder, Sporting Clube de Portugal.

PUB
Artigos relacionados:

Coloque as Farmácias de Serviço no seu site