Director: João Carlos Vieira
Domingo, 21 Outubro 2018 - Periocidade diária
2018-10-01 17:10
Oeiras vence concurso “Melhores Municípios Para Viver”

O programa “Oeiras Solidária” foi reconhecido na categoria de Domínio Social, do concurso “Os Melhores Municípios para Viver" (M2V), uma iniciativa promovida desde 2008 pelo INTEC – Instituto de Tecnologia Comportamental.

Este concurso pretende fomentar a Qualidade de Vida dos municípios portugueses, premiando projetos nas áreas de intervenção Ambiental, Económico e Social.

O Programa “Oeiras Solidária” (POS) é uma plataforma colaborativa de iniciativa municipal que atua no território de Oeiras, no âmbito da responsabilidade social e cidadania, desde 2004.

Tem como propósito principal ativar sinergias e relações solidárias entre agentes locais comprometidos com o desenvolvimento sustentável e a coesão social do concelho de Oeiras.

O Município de Oeiras vai apresentar este projeto vencedor na Conferência de Entrega de Prémios, a decorrer no próximo dia 16 de outubro no Madan Parque - Parque de Ciência e Tecnologia, em Almada.

Esta plataforma é constituída por cerca de 140 entidades, tendo como principais atividades:

• Intermediação do apoio entre entidades locais.

• Projetos integrados entre entidades de diferentes setores, nomeadamente empresas e organizações da economia social.

• Organização de reuniões, apresentações, conferências, ações de sensibilização e sessões de trabalho entre parceiros e diferentes agentes locais.

• Organização de intercâmbios de profissionais para troca de serviços e competências.

• Campanhas como a de “Recolha de Material Escolar”, “Natal” ou “Apoio Animal”.

• Gere uma Bolsa de Partilha de conhecimento, bens, equipamentos, serviços e voluntariado

• Desenvolvimento e implementação de um Plano formativo

Principais tipos de apoio prestados a entidades beneficiárias:

• Voluntariado e voluntariado de competências

• Donativos financeiros

• Cedência de bens e produtos (materiais, equipamentos e abastecimentos)

•Apoio logístico

• Suporte técnico                              

A sua intervenção enquadra-se no “Plano de Desenvolvimento Estratégico de Oeiras” e Plano de Ação anual, em articulação com os Serviços municipais e reforçada por um Grupo de Ativação.

A visão de futuro para o Programa “Oeiras Solidária”

• Plataforma colaborativa dinâmica para promover o envolvimento proactivo e continuado dos diversos agentes em torno de projetos integrados e de iniciativas conjuntas e de elevado potencial de mobilização, de demonstração e de mudança social.

Foco da intervenção na inovação social

• Reforço de capacidades dos agentes da economia social e apoio às iniciativas

• Identificar, valorizar e fortalecer novos modelos de intervenção, novas respostas e novas estruturas de apoio que sejam inovadoras e que ainda não existam em áreas de atuação chave. Criar para tal um mecanismo de identificação e seleção de iniciativas inovadoras (através de uma convocatória de propostas, um concurso ou prémio).

Projetos integrados e alianças de colaboração

• Estimular projetos conjuntos entre diferentes instituições e setores e promover a aprendizagem mútua e sinergias com outros projetos coletivos através da difusão de informação e da organização de oficinas de aprendizagem e construção de alianças intersectoriais.

Redes territoriais

• Criar subgrupos centrados na colaboração em benefício de territórios específicos, especialmente vulneráveis ou críticos.

Reforço de capacidades dos agentes da economia social

• Mediação de projetos colaborativos ou programas contínuos de voluntariado de competências para a capacitação das organizações e o seu fortalecimento institucional.

• Criação de um programa de capacitação transversal às instituições do concelho.

• Fortalecer a prestação de serviços pelas organizações da economia social, apoiando a divulgação de negócios sociais através da Bolsa de Partilha.

• Prestar orientação às empresas parceiras para promover uma participação mais efetiva, nas iniciativas de colaboração e projetos conjuntos, e que produza mais retorno em termos de fortalecimento institucional das organizações beneficiárias, e prestar aconselhamento personalizado para o desenvolvimento de novas iniciativas das próprias empresas.

• Desenvolver uma rede mais coesa, com uma ação mais direcionada para o desenvolvimento de projetos integrados, com maior impacto social, bem como no desenvolvimento de uma rede de parceiros, dos vários setores, ativos e envolvidos de responsabilidade social das empresas.

PUB
Artigos relacionados:

Coloque as Farmácias de Serviço no seu site