Director: João Carlos Vieira
Sábado, 24 de Fevereiro de 2018
2018-02-12 20:04
Circuito Regional de Surf da Grande Lisboa

A praia de S. Pedro do Estoril recebeu a primeira etapa do Circuito Regional de Surf da Grande Lisboa. No próximo fim de semana tem lugar a segunda etapa, agendada para a praia de Carcavelos.

Dois dias fantásticos, com boas ondas, muito público, excelentes manobras e algumas surpresas. As categorias de Sub 12, 14 e 16 masculinos tiveram na praia de S. Pedro do Estoril a primeira competição do ano que contou com condições muito distintas ao longo dos dois dias.

No sábado, de manhã, as ondas apresentavam uma formação perfeita no pico da Ponta do Sal e as primeiras baterias demonstraram que a técnica dos jovens surfistas lisboetas está apurada. Várias ondas foram surfadas desde o pico até à praia com curvas bem marcadas e manobras com grau de dificuldade elevada.

Começou também a notar-se a falta de conhecimento, por parte de alguns atletas, da forma como a onda corre na bancada da baia de S. Pedro e este facto causou alguns dissabores. Com a chegada da maré cheia o mar começou a subir e ao longo da tarde apareceram várias séries com 2 metros.

As notas também começaram a subir e alguns atletas obtiveram classificações excelentes. Martim Nunes, João Mendonça, Rodrigo Chaves, Guilherme Costa mostraram o seu surf mas foram os atletas João Vidal, Guilherme Ribeiro e Afonso Candeias que se destacaram com as melhores notas do primeiro dia.

Como previsto, no domingo o mar desceu. Embora ainda entrassem algumas séries interessantes, a grande maioria tinha apenas um metro, o que obrigou os atletas a ajustarem o seu reportório de manobras e a escolher muito bem as ondas para poder aplicar o seu Surf.

Na primeira bateria do dia, João Vidal que tinha sido um dos melhores de sábado, não encontrou ondas com potencial e foi eliminado. Afonso Candeias dá show na segunda meia-final de Sub 16 pontuando 8.75 e 7 pontos e confirma que o seu back side é muito forte e bonito.

Em Sub 14 Rodrigo Lebre destaca-se com um excelente onda surfada até à areia que lhe rendeu 8 pontos. A categoria de Sub 12 foi a última a entrar na água antes de a organização decidir alterar o local de competição para a Bafureira.

Com a maré a subir, a final de Sub 16 começou com uma troca de ondas pouco significativa. Quando a segunda série entrou, Afonso Candeias destruiu uma das maiores ondas da bateria que lhe valeu 8.50 pontos e ficou destacado na liderança.

As séries entravam e os outros atletas, nem sempre bem colocados, perdiam oportunidades óptimas para ameaçar a liderança. Martim Paulino, Guilherme Ribeiro e Vasco Cordeiro lutaram até ao fim, mas apenas entre si pelos lugares secundário ficando por esta ordem classificados.

Em Sub 14 dois atletas da casa tinham reais aspirações á vitória. Rodrigo Lebre já tinha mostrado que conseguia obter notas de excelência e Francisco Mittermayer tinha sido muito regular ao longo do campeonato nas duas categorias em que competiu (Sub 12 e Sub 14). No entanto, João Mendonça começou fortíssimo.

Com um 7.10 e um 8.75 pontos nas suas primeiras ondas, o João colocou os outros atletas a necessitarem de notas acima de 8.60 pontos para lhe roubarem a liderança. Rodrigo Lebre ficou em segundo, Francisco em terceiro e Guilherme Costa em quarto lugar.

Esta I Etapa do Circuito Regional da Grande Lisboa foi organizada pelo Surfing Clube Portugal e contou com os apoios da Câmara Municipal de Cascais, da Federação Portuguesa de Surf, Junta de Freguesia do Estoril e Cascais.

PUB
Artigos relacionados:

Coloque as Farmácias de Serviço no seu site