Director: João Carlos Vieira
Domingo, 27 Maio 2018 - Periocidade diária
2018-02-07 16:19
Oeiras presta homenagem a Igrejas Caeiro

A Câmara Municipal de Oeiras e a Fundação Marquês de Pombal prestam homenagem a Francisco Igrejas Caeiro, um dos mais marcantes nomes da rádio, do teatro, do cinema e da televisão em Portugal, por ocasião do sexto aniversário do falecimento, dia 19 de fevereiro de 2018.

Da parte da manhã, às 10H00, terá lugar uma cerimónia de homenagem a este ilustre cidadão, que consistirá numa visita e deposição de flores na sua campa (n.º 72), localizada no Cemitério de Oeiras.

Às 19H00, decorrerá uma conversa em Memória de Igrejas Caeiro, em que participarão João Soares e Guilherme Guimarães (EN/RDP), no Palácio dos Aciprestes, em Linda-a-Velha (Av. Tomás Ribeiro, n.º 18).

A abertura deste momento, que será moderado por Judite Lima, estará a cargo do Presidente da Câmara Municipal de Oeiras e da Fundação Marquês de Pombal, Isaltino Morais, às 19H20, logo após um momento musical pela pianista Joana Wagner, com início às 19H00.

Podemos dizer que Francisco Igrejas Caeiro foi um homem dos sete ofícios - ator, locutor de rádio e televisão e político português. É um nome incontornável da história da nossa Rádio. A ele estão ligados programas como “Os Companheiros da Alegria”, no Rádio Clube Português e o “Comboio das Seis e Meia”, nos inícios dos anos 50 do século XX.

Entre 1976 e 1979, Igrejas Caeiro foi ainda Diretor de Programas da Emissora Nacional de Radiodifusão, atual Rádio e Televisão de Portugal. Para além disso, entre outras atividades, pertenceu à direção do Teatro Maria Matos que fundou, e após o 25 de Abril, Igrejas Caeiro foi Deputado pelo Partido Socialista à Assembleia Constituinte (1974-1976) e depois à Assembleia da República. Veio a falecer em Lisboa, aos 94 anos, em 19 de Fevereiro de 2012.

PUB
Artigos relacionados:

Coloque as Farmácias de Serviço no seu site