Director: João Carlos Vieira
Sábado, 25 de Novembro de 2017
2017-11-04 12:06
O Acolhimento Familiar debatido em Oeiras

Acolhimento Familiar: Procuro “alguém louco por mim” vai ser o tema de um encontro que decorrerá no âmbito do ciclo de conferências “Olhares sobre a Infância”, da Comissão de Proteção a Crianças e Jovens (CPCJ) de Oeiras, que está marcado para o dia 7 de novembro, das 9H00 às 17H00, no Grande Auditório do Centro de Congressos do Taguspark.

O referido ciclo de conferências decorre do plano estratégico da CPCJ de Oeiras e tem como objetivo a sensibilização da comunidade para as problemáticas que se afiguram como mais relevantes na proteção das crianças e jovens.

A conferência marcada para o dia 7 de novembro, integrada neste ciclo e subordinada ao tema Acolhimento Familiar: procuro “alguém louco por mim”, surge como forma de divulgar, esclarecer e sensibilizar a comunidade para a necessidade de inverter uma tradição de acolhimento que assenta na residencialização (acolhimento institucional), para o acolhimento no seio de uma família – Acolhimento Familiar.

Pese embora o Acolhimento Familiar seja uma medida que se encontra prevista na Lei de Proteção Crianças e Jovens em Perigo, estabelecendo atualmente que as crianças até aos seis anos devem ser preferencialmente integradas em contexto familiar e, o direito a crescer numa família constar na Declaração Universal dos Direitos da criança, esta continua a ser uma medida de difícil implementação, dado que o número de famílias disponíveis continua a ser baixo.

Refira-se que, a Secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência, Ana Sofia Antunes e o Presidente da Câmara Municipal de Oeiras, Isaltino Morais, estarão presentes. Pelas 16h45, na Sessão de Encerramento.

PUB
Artigos relacionados:

Coloque as Farmácias de Serviço no seu site