Director: João Carlos Vieira
Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017
2017-09-27 19:48
EDP Billabong Pro Cascais: Frederico Morais avança na competição

Após a competição feminina tomar conta das ondas da praia do Guincho em Cascais, foi a vez do EDP Billabong Pro Cascais, etapa de 10.000 pontos do circuito mundial de qualificação (QS) da World Surf League (WSL).

O cascalense Frederico Morais, que surfou na primeira bateria masculina da manhã, assumiu protagonismo ao fazer a melhor onda e segunda melhor pontuação do dia, respetivamente, 8.83 (em 10 pontos possíveis) e 16 pontos (em 20 possíveis). Com este esforço, Morais deixou o australiano Adam Melling na 2ª posição com 12,93 pontos e eliminou o outro português ainda em prova, Tomás Fernandes, na 3ª posição, 11,73 pontos, para além do espanhol Gony Zubizarreta, em 4º, com 8,17 pontos.

“ Foi um heat óptimo! É sempre um privilégio  enorme poder competir na praia onde cresci e com os portugueses a apoiarem. Amanhã há mais trabalho e mais surf para se fazer.” Afirmou o atleta Frederico Morais . Ao ter ficado em 3º lugar nesta bateria, Fernandes foi eliminado da competição em 49º lugar, saindo da praia do Guincho com 1000 dólares e 600 pontos a contar para o ranking mundial de qualificação. Já Frederico Morais prepara-se agora para enfrentar os brasileiros Willian Cardoso e Vitor Bernado e o costa-riquenho Carlos Muñoz no sétimo heat da terceira ronda.

Tal como no primeiro dia de competição no EDP Billabong Cascais Pro, os surfistas do circuito mundial voltaram a estar em destaque. Para além do já mencionado Frederico Morais, também o italiano Leonardo Fioaravanti, o australiano Ethan Ewing e o brasileiro Miguel Pupo venceram as suas baterias. A estes, juntam-se ainda o brasileiro Caio Ibelli, o norte-americano Nat Young e o havaiano Ezekiel Lau que avançaram para a terceira ronda na segunda posição das suas baterias. Ainda assim, nem tudo foi positivo para o contingente do World Tour que acabou por perder dois elementos com as derrotas do brasileiro Ian Gouveia e do havaiano Sebastian Zietz.

Neste segundo dia de prova, destaque para as eliminações dos brasileiros Bino Lopes e Flávio Nakagima e do australiano Soli Bailey todos eles surfistas que têm estado em evidência no QS de 2017. Por oposição, nota positiva para o brasileiro Jesse Mendes, surfista líder do ranking do QS e vencedor desta etapa em 2016, que voltou a mostrar estar numa excelente forma este ano ao ganhar o seu heat da segunda ronda e qualificar-se para a terceira ronda. Também em destaque esteve o júnior brasileiro Mateus Herdy que, conjuntamente com Frederico Morais fez a melhor onda do dia, 8.83, e fez ainda a melhor pontuação do dia, 16,07 pontos. A chamada para esta quinta-feira,  está marcada para as 7:45 na praia do Guincho em Cascais.

PUB
Artigos relacionados:

Coloque as Farmácias de Serviço no seu site