Director: João Carlos Vieira
Terça-feira, 21 de Novembro de 2017
2017-09-11 15:06
Oeiras recebe play-off de acesso ao Mundial da Taça Davis

Tenistas portugueses lutam por um lugar no Mundial em competição contra a seleção da Alemanha, no “Centralito” do Jamor.

Oeiras recebe, de 15 e 17 de setembro, o play-off de acesso ao Grupo Mundial da Taça Davis, no Jamor. Portugal convocou os tenistas João Sousa, Pedro Sousa, Gastão Elias, João Domingues e Gonçalo Oliveira, enquanto suplente, para defrontar a seleção alemã.

Nuno Marques, selecionador nacional na Taça Davis, optou por convocar o mesmo quarteto que, em abril, venceu a Ucrânia, na segunda eliminatória do Grupo I da zona euro-africana da Taça Davis, no CIF.

É a segunda vez que Portugal joga no acesso ao Grupo Mundial, sendo que a primeira foi há 23 anos, no Porto, contra a Croácia. O vencedor do embate entre Portugal e a Alemanha garante a presença no Grupo Mundial da Taça Davis, em 2018.

Se Portugal sair vencedor, será um feito inédito no panorama do ténis nacional e será feita história no court central do Centro de Ténis do Jamor.

O sorteio do Portugal-Alemanha, play-off de acesso ao Grupo Mundial da Taça Davis, vai decorrer no Palácio Marquês de Pombal, em Oeiras, no dia 14 de setembro.

A cerimónia de abertura está marcada dia 15 de setembro, às 10H00, sendo que às 11H00 começa o primeiro encontro de singulares entre as seleções portuguesa e alemã, disputado à melhor de cinco partidas. No mesmo dia realiza-se um segundo embate individual.

Para sábado está marcado às 14H30 o encontro de pares e, no domingo, realizam-se a partir das 11H00 o terceiro e quarto encontros de singulares.

“É com imensa satisfação que Oeiras recebe este evento histórico no court de ténis do Complexo do Jamor que será pisado por tenistas portugueses mundialmente reconhecidos. Esperamos ver as bancadas cheias”, refere Paulo Vistas, Presidente da Câmara Municipal de Oeiras.

“A seleção nacional regressa à terra batida do mítico Central, também conhecido como "Centralito", para tentar entrar na elite mundial. A equipa recebe na sua superfície preferida a Alemanha, num "court" ligado à história do ténis português e onde a seleção nacional conheceu muitas alegrias”, revela Vasco Costa, presidente da Federação Portuguesa de Ténis.

PUB
Artigos relacionados:

Coloque as Farmácias de Serviço no seu site